quarta-feira, 2 de abril de 2014

COISAS PRA CONTAR

Coisas para contar...
 

Finalmente chego ao término de uma etapa, foram 6 meses de maravilhosos, muito bem vividos… a casa da praça de Londres mais um vez foi testemunha e cúmplice das minhas experiências.
Neste período eu descobri mais coisas sobre mim, sobre meus sentimentos e tive oportunidade de testar a minha paciência, a minha generosidade e a minha força… A minha vontade de viver novas histórias não podia mais esperar…e quem procura.. ACHA!
Pensava que tinha vindo pra Lisboa para trabalhar, fatutar…mas logo descobri que isso era o pano de fundo somente, o alicerce, a desculpa o motivo que eu encontrei… no fundo eu me sentia desvitalizada, triste, sozinha e só procurava uma coisa realmente …companhia!
Existem pessoas que alimentam o espírito das mais diversas coisas e sentimentos… dinheiro, poder, raiva, ódio, vícios… e só se sentem felizes qd podem usufruir de tais coisas!
Qd chegava os fins de semana na capital lusitana… era só relaxar do stress do trabalho na semana… muitas vezes prazeroso…outras já nem tanto!
Numa certa noite de sábado “relaxando” como de costume….finalmente fui seduzida por alguém, justamente pq me deu a impressão de não estar buscando nada, nem ninguém…principalmente MULHERES! 



 

 Outro fato que descobri sobre mim é que intransigente aos homens que gostam muito de travestis, qd para me relacionar compromissadamente, eu tb me percebi aversa a homens que gostam mais de mulheres que de travestis… passei a desejar e cobiçar os que se aproximam mais de um tipo de “meio termo” …explico:
Com os homens que gostam muito de travestis terei sempre as esquinas cheias como rivais, algo que me causa uma impressão muito negativa… sem falar das ofertas infinitas para os internaltas de carteirinha…nas grandes cidades onde vivo haveria sempre uma ameaça a saúde do relacionamento, pelo menos sendo nos moldes que almejo…a minha idéia de relacinamentos nasceu pelo exemplos de onde eu vim, meus pais, meus tios e irmãos e suas esposas e namoradas…relações de respeito com algo bem saudável no ar…aquela sensação frescor, de ingenuidade… de amor! Com os homens que gostam muuuito de mulher, é um problema grave, pq mesmo eu não sendo como elas 100% fisicamente, eu quero me sentir como se fosse, e pra muito além disso, o que mora na idéia do que o corpo e a presença das mulheres, suscita nos homens…A VONTADE DE SER HOMEM, DE SE SENTIR HOMEM...descobri que o homem só funciona melhorzinho qd está ao lado de alguém que o faz sentir-se assim…HOMEM... são cavalheiros, protetores, dão o melhor de si, dão a sua força, a sua virilidade, a sua meiguice e o seu carinho…e o mais importante, dão o devido respeito(muito embora muitos casos contradigam isso)... 
Conclusão: se não se sentem confortavemmente os homens que sempre foram, ao meu lado...como podem me fazer sentir-se como "A mulher"? Justamente o desejo que permeia toda a vida de uma transexual, aquilo que é simplesmente a fonte de sua felicidade, e a ausência dela!
Mas voltando a quem me seduziu, por justamente demonstra-se imune aos encantos de mulheres e travestis presentes, numa destas noite no Kremilin, fui seduzida pelo meu próprio desejo acreditar que esbarrei em um homem como os da minha família… alguém como eu, se julgando especial e inaxecível a qualquer um!
Outro momento foi um grande amigo que fiz, fã dos meus escritos, fotos, site, blogs… apenas como amigos tivemos momentos muuuito agradáveis juntos…
 

ÉPOCA DO ROCK IN RIO – LISBOA

 

O fã dos meus escritos me presenteia com um um jantar feito por ele, na casa dele, aliás diga-se passagem, lindaaa… dias depois, no meu aniversário um delicioso bolo de chocolate da loja Amor aos Pedaços ( nem posso passar em frente a essa doceria) …no outro dia me trouxe entradas para o Rock in Rio – Lisboa! A nossa amizade se firmava a cada dia!
Melissa Brazil retornando ao sua casa, eu que estava tomando conta de seu cantinho aqui tive que “vazar”, como dizem.
O outro lugar que arranjei ficava próximo, na casa de uma amiga… não sei pq mas algo não me permitia voltar a minha casa no Porto, talvez o medo da solidão, da mesmice, da rotina…estava preferindo a incerteza de Lisboa, a expectativa de uma surpresa, do inesperado…sem falar que tinha com quem conversar todos os dias…
Qd mudei pra casa da Yana, com a ajuda do meu amiguinho…foi hilário, ele tem um carro esport de dois lugares…e eu que cheguei a Lisboa com uma mala, já estava com 4, e das grandes…rsrs…
Nossa nem falo, odeio mudar de casa…parece que estou recomeçando, me sinto deslocada, desalojada, estranho tudo… que noite orrível…no outro dia, já era o segundo dia do Rock in Rio…conheci na casa da minha amiga um garoto de programa que chegava e já se arrumava pra ir ao festival de música… almoçamos, conversamos e ele me convidou pra ir ao Rock in Rio - Lisboa com ele e os amigos dele… me arumei e fomos pra casa do amigo dele pegar nossas entradas… Em frente ao Elefante Branco, casa frequentada por prostitutas de luxo e seus clientes, um maravilhoso apartamento era onde o seu amigo morava…mal saí do elevador dei de cara com um o tal rapazinho que sempre me olhava simpaticamente na noite… não sei bem pq mas eu adorei essa surpresinha…rsrs…embora tenhamos os dois ficado meio abalados com a presença do outro…ele nem conseguiu me cumprimentar direito…
A noite foi Show de bola… a Alanis Morissette arrasou… depois a tenda eletrônica “tava” um luxooo…dessa noite só tive um beijo como presságio do que estaria por vir…


 
 Tivemos torcida contra..mas mesmo assim ele procurou um jeito de me achar… meu telefone nos sites de acompanhantes... ao fim estes sites não só me serviram para trabalhar …mas para..quem sabe… ter reencontrado alguém que aos poucos se tornou a minha melhor companhia, o meu melhor momento, o meu melhor abraço… aquilo pelo qual vim para em Lisboa buscar!
As minhas noites se tornaram mais quentes pelo calor do verão, e ferveram por causa do amor que ele me deu… começamos nos vendo normalmente como um casal de namorados...mas logo já estávamos a dormir e acordar juntos todos os dias… embora desejasse muito isso, nunca o pedi explicitamene que ficasse… mas receio que não tenha sabido disfarçar a minha vontade de ter alguém que pudesse me fazer mais feliz…
As mulheres e mulheres transexuais são alvo fácil para o amor, acho que mais ainda as transexuais estas tem um sonho de Cinderela…mas tb são presas suculentas para predadores da auto estima…falso amores em nome do poder do dinheiro e do sonho de conforto de uma vida melhor…





PORTO...ESTOU DE VOLTA!!!

 
Não sei bem como aconteceu…mas de posse do “meu amor” retornei para a minha casa no Porto.
No começo qd o vi pela primeira vez, eu pensei que fosse feito pra mim, um homem hetero normal, mas que não gostasse tanto assim de mulheres que nasceram com vagina… mas sim um homem que preferia a forma feminina não importando o seu sexo, mas com uma tendência a vida “gay” e que se sentisse melhor se relacionando com transexuais… digo se relacionando e não só tranzando!
Qto mais conversávamos e mais ele me revelava sobre seu mundo mais me fazia acreditar nessa idáia… e eu o desejei tê-lo como companheiro…uma vida em comum pra mim já não é nenhuma novidade… além de tudo era alguém determinado, esforçado, prestativo, desapegado a dinheiro(assim me pareceu) mas com enorme vontade de crescer na vida! O que eu não sabia que ele poderia ligar-me a isso, condicionando o amor dele por mim e a vontade de estar comigo à segurança de ter alguém equilibrado e forte ao seu lado, para justamente apoiá-lo. No meu pensar, o amor real é independe de qualquer idéia que se possa ter dele… o amor simplesmente se instala pelo desejo de amar alguém e de se sentir bem ao lado de uma pessoa que nos possa tb dar amor… amor por amor… e não amor por companhia, insegurança, carência, desilusões… pq foi isso que me foi revelado com o tempo…
Seus relacionamentos anteriores foram sempre com mulher e não tardou eu descobrir que a sua atitude e seu sentimento com elas era outro, completamente diferente de quando comigo… Foi a minha primeira desilusão… a primeira coisa que me desiludiu do meu sonho de sentir-se amada tal qual uma mulher qd é amada pelo seu homem. Me odiei por ter cometido um erro de discernimento e ter achado que ele quisesse ser realmente especial pra mim, qd na realidade ele sabia ser bem melhor…com elas…as “mulheres”!
Mas o que são mulheres afinal? …Seres que tem o órgão genital feminino apenas?
Já não me sentia a mulher que eu queria ser… ao lado dele na verdade tinha um espelho distorcendo a imagem que tenho de mim mesma dentro de mim… o meu sonho de Cinderela foi por terra…
 
Mais uma ironia estranha é que eu tinha já um ALGUÉM, e eu estava a dispensar no sentindo de poder vir acontecer um possível relacionamento pq este homem tinha um histórico T …ele sabia que eu era “a mulher”…pelo menos me via como “a tal”… alguém que sabia como deveria me tratar… mas não teve como, eu o deixei no hall dos bons amigos…
A convivência com meu novo namorado e a minha visão daquilo que eu estava vivendo se tornava mais clara, assim como a verdade da pessoa com quem eu estava, e apesar do amor dele por mim ser verdadeiro, ele não conseguia me dar o que eu precisava… simplesmente pq não era um relacionamento como o qual ele estava acostumado a ter e a ver!
Eu não consegui fugir da minha realidade, de travesti, prostituta… amada qd não por clientes (que pagam a todas)… por garotos de programa…que pensam que sabem amar uma transexual por pura conveniência…
Amores tortos, falsos amores, amores doentes, ridículos, nojentos…emporcalhados pelo carma do peso que a palavra TRAVESTI significa!
Não estou a reclamar da vida nem do meus amores, agradeço a Deus as oportunidades que tive, das cabeçadas que dei… pq foram elas que me proporcionaram viver, sonhar, e desejar sempre algo ainda melhor…
Estamos vivendo juntos e dividindo a mesma cama e a comida… só não sei ainda se nossas necessidades realmente se completam!
Mas a vida só é rica qd temos a consciência que ela não é eterna, mas sim frágil e que seu fim pode estar no próximo minuto…só assim o momento presente terá o seu devido valor!
Não estou conseguindo perdoá-lo por não ser quem eu pensei… mas estou pedindo a Deus para que eu esteja enganada, ou que ele se torne “o homem”... ou quem sabe se redescubra.
De volta ao Porto, com mais uma vitória, com mais uma chance, pq consegui mais uma vez, ao fim de 6 meses estou de posse daquilo que eu fui em busca!

Seja bem vindo ao meu novo dia… e mais uma vez bem vindo ao meu coração!

“Preciso viver os sonhos e a certeza de que tudo vai mudar. É necessário abrir os olhos e perceber que as coisas boas estão dentro de nós, onde os desejos não precisam de razão, nem os sentimentos, de motivos. O importante é viver cada momento e aprender sua duração, pois a vida está nos olhos de quem sabe ver.."
Bjux a todos!!
Alessandra Mendonça :-)

DE CORAÇÃO ABERTO...



De coração aberto...



Fui procurada pelos admistradores do Tgatasvip.net para dar uma entrevista, como são os mesmos donos do site viptransex.net, onde anuncio, eu decidi colaborar para tornar o forum mais diversificado.
Vejam parte da entredvista que continua no meu site!!!


Top.F: Você é uma Transexual Brasileira, de que Cidade do Brasil?
R:Sou natural de João Pessoa, região Nordeste do Brasil, embora que morando no Rio de Janeiro!

...

Indo um pouco até ao seu passado...Quando você se descobriu uma “menina” de fato?
R:Na realidade eu nunca entendi direito pq diziam que eu era um menino…rssss… nunca me identifiquei com isso…

Muitas transexuais são frustradas por relacionamentos que acabam mal, como vai esse coraçãozinho hoje em dia?
R:Não acho que estar frustrada por relacionamentos de finais infelizes seja uma característica das transex somente…todas as pessoas tem amores frustrados…
...

Você prefere ser ativa ou passiva ou gosta dos dois quando vai para cama com alguém sem ser por razões profissionais?
R: Adoro ser ativa….mas...

Você tem algum fetiche especifico que possa nos contar?
R:Visitem meu site : http://www.alessandratoptransex.com/ lá conto tudo….

O seu blog já é sucesso, alcançando uma boa média de visitas por dia. Como você explica este fenômeno?
R:Eu sabia o que queria, qd fiz o blog… tenho uma história dentro do mundo do sexo… e muita coisa pra contar da minha vida que não se refere a ele( o sexo) …quem me conheceu pelo sexo agora vai poder saber com quem esteve pra muito além de uma gozada somente! 

Já apareceu alguém na sua vida que lhe fizesse pensar em parar com os programa$?
R:Já… qd percebi que amava um homem, que sofria por causa da forma como eu ganho a vida….Foi meu relacionamento mais significativo e duradouro...estou há quatro anos em Portugal e durou quase todo esse tempo.


Você como profissional do sexo já foi clientes... tipo: já fez programa com outra transexy, homem ou mulher para satisfação sexual própria?
R:Com transex e mulher jamais aconteceria pq nao é a minha praia. Nunca paguei…mas...
Continua no meu site:Clique aqui no banner apos ler este post!



Mesmo com o coraçãozinho abalado tenho arrajado tempo para fazer as coisas que gosto, como trabalhar, sair pra dançar, estar com amigas pra conversar , rir, falar besteira...
Amanhã vou ao teatro com um amigo que me chamou pra ver uma peça do Brasil em tournnè pela Europa, com atores brasileiros famosos...vai ser divertido... um jantarzinho......hum...!
Fiz ótimas amizades em Lisboa, e tenho tido bons momentos ao lado destes novos amigos... tranquei sentimentos passados, deletei ele da minha vida...e nao me canso de sentir o seu olhar ... a insegurança ao me ver feliz e radiante (com algum esforço) ...ainda não lhe negar um "oi" e logo em seguida um "tchau"...
Pq quem não me valorisou no momento certo não será depois que o fará!!!


Bjux a todos eu volto com novidades!!..


PS:Seu comentário é importante pra nós, se não conseguir de primeira, feche e reabra a janela dos comments e tente novamente!!

A NOSSA "DOCE ILUSÃO"...

A nossa "Doce Ilusão"...
*

(Antes de começar a ler gostaria que primeiro pusessem esse vídeo pq a letra da música tem tudo a ver e seria digamos que o tema musical dessa leitura...deixem a música a rolar...e repitam-na se acabar antes de terminarem de ler...vamos brincar..)
* ***
****
Genteee…qto tempo né… mas felizmente estou de volta, renovando tudo e fazendo o que jamais deveria ter deixado de fazer…ter deixado de lado a minha vida, a minha vida comigo mesma, a vida que é de fato só minha, onde ninguém está comigo, onde ninguém jamais estará…foi o caminho que mais me realizou e me frustou, foi o tudo e o nada… foi a certeza que nasceu a partir de tantas dúvidas … é bom saber que tenho um vida só minha, onde sou a única responsável… mas o que é que eu estou dizendo?... A vida a dois tb deveria ser solitária…e o meu erro foi pensar que não… tentei tornar parte de mim aquilo que jamais poderia ser, e ser parte de alguém que pouco me conhecia … Pra todos nós resta uma sensação de solidão…a sensação de que ser um só não basta… suportar a própria existência e dividir o peso da vida com um cúmplice e companheiro… Eu deixei de lado a minha realidade para viver as minhas ilusões…doces ilusões… hoje eu digo que são ilusões pq para vivê-las tive que por muitas vezes negar a realidade que se impunha bem na minha frente e no centro da vida…eu tb tive que doar ilusões para que as minhas fossem realizadas… e eu tive meus grandes momentos!


 Eu aprendi, como um índio que vive na selva, a saber de que plantas posso extrair o chá para as minhas doenças… eu sei aonde e com quem posso viver momentos soberbos…e ser QUEM eu acredito ser!




Felizmente a vida é feita de realidades e não de ilusões… e o grande desafio é tornar aquilo que é um sonho bom, uma ilusão desejada, a nossa realidade… Eu consegui!
Pra mim que desde pequena sempre tive tudo, uma boa educação, conforto, amor… não podia(nem posso) abrir mão disso por ter optado pelo inesperado… pelo menos admirável… O amor para mim está a frente e acima de tudo… logo depois vem a qualidade de vida.
Eu já ouvi muita gente dizer “não se pode ter tudo na vida” mas sempre suspeitei que quem dizia isso é pq tinha “quase tudo”…





As experiências mais importantes que eu tive foram as que conquistei, as que escolhi, pq justamente vivendo-as eu aprendi a observar e transformar o sofrer em SABER! Eu errei tanto...mais tantoo, e justamente o tanto quanto por fim aprendi.
Eu aprendi que nada é mais importante que os meus valores e os meus princípios, aprendi que ninguém tem o direito de me julgar se não puder me apoiar, aprendi que eu não posso amar alguém sem que antes eu ame a mim própria e a minha vida.






Não sei se vcs estão me entendendo... o que eu estou querendo dizer que deixei de escrever, de me dedicar tanto a conquista de bens materiais e de me projetar como de costume ao público e aqui blog, para viver a minha verdadeira história…que é justamente a minha grande DOCE ILUSÃO… aquela que tenho aqui dentro de mim, aquela pra qual eu penso que nasci que em conflito com a realidade da vida faz nascer essa Alessandra que aqui vos escreve… Alessandra angustiada, Alessandra magoada, Alessandra ansiosa…simplesmente Alessandra Mendonça… A Alessandra tal qual eu sempre tive medo de o ser!




Todos nós assumimos posturas e máscaras para vida, muitas vezes por obrigação, por imposição da vida, aprendemos a lidar com os fatos, a ter jogo de cintura para suportar as nossas frustações…mas eu me recuso a isso, vou viver como acredito até o fim, até que não haja mais nada, ninguém vai tirar de mim a minha dignidade porque não tem capacidade ou vontade de compreender-me.


Quem de nós já não viveu decepções com amigos, família, com o companheiro?... Na verdade percebi que o certo é que ninguém deve ter o poder de nos decepcionar e que qd nos decepcionamos é com nós mesmos com as limitações naturais da vida… ninguém pode nos realizar a não ser nós mesmos e é por isso que sempre suspeitei que um dia voltaria aqui para contar-lhes de como aprendi isso…




Depositei confiança demasiada em quem suspeitava, dividi meus sentimentos, minhas ansiedades…amei demasiado…dei a chave da minha casa... dividi meu espaço… deixei-me conhecer por demais…aconcheguei-me demais… Num relacionamento a dois tudo que não serve pra nada eclode, se revela… as fraquezas, os medos pessoais, as angústias, os ódios, as mágoas antigas… toda a sua história e toda a sua doença ficam ali expostas, mesmo que vc não queira a intimidade se incube de revelá-las… toda sinceriade será castigada… e de repente nos percebemos frágeis, angustiados, inseguros…e como somos inseguros!

Eu errei… usei minhas mágoas para magoar e usei a minha insegurança como fonte de inspriação para plantar a insegurança… fui cruel… desavisadamente cruel… eu não queria isso… e tudo que falares pode ser usado contra vc… E FOI… eu pensava que precisaria nivelar os níveis de medo… medo de estar sendo enganada…de estar sendo iludida em vão… e eu utilizei desse ardio…para um dia descobrir que não precisava disso….e... por aí vão tantos erros que cometemos em nome do medo e da mágoa!




Mas eu não vou cair no erro de me culpar, PQ ERRAR FAZ PARTE… E quem ama sempre será capaz de aturar.
Disso eu sei, pq EU ATUREI…


Também sei que as fases da vida tem sua vida útil dentro dela e por vezes não percebemos onde começou e se a fase chegou ou não ao fim...

O bom de tudo é que as fases da vida se vão e a vida se renova a cada dia te trazendo novos desafios, e novas fases… É importante valorisar cada momento pq eles sempre voltam…mas nunca com a mesma cara e vc os reconhece para justamente perceber o quanto vc mudou… e quem aprendeu, aprendeu… e quem viveu, viveu… quem não aproveitou não aproveita mais…
É sempre melhor que tudo acabe antes do fim!




O "Eu" do agora diferente de antes, dessa vez assim será… ANTES DO FIM…



Quero dedicar esse post a Ele, que me deu a oportunidade de me conhecer mais um pouco, que me deu e me dedicou tanto tempo de sua vida para mim, que me afastou em parte do circuito do qual tanto quero me ver longe… que me mostrou que EU POSSO e nunca mais vou duvidar de mim mesma… como já duvidei!


Espero que gostem da nova cara do blog… o outro tinha um pouco de pecado e redenção…nesse temos fadas…unicórnio…asas…pq é tempo de voar o mais longe e alto que possamos e sonhar com uma doce ilusão…Minhas fadas vão te fazer com um encanto…pode montar esse lindo unicórnio branco e se deixar irrr… ou se ainda quiser.. me deixe levar-te pra bem longe, longe daquilo que vc vê, longe daquilo que É...eu te levarei para O QUÊ VC QUER QUE VENHA A SER … sonhe junto comigo…PQ EU APRENDI A VOARRR… E VOU TE CONTAR O SEGREDO!




Obrigada Rodolfo... me devolveste as asas que eu pensava que havia perdido e bom foi saber que elas estavam sempre aqui, comigo mesma, vc só me fez enxargá-las de novo!

Da última vez que amei, só me sobrou raiva, nojo e rancor… mas como não estou aqui somente para uma passagem, eu quero evoliur…
Logo…
Eu te amarei SEMPRE … pq nunca amei tanto a mim mesma, a Deus, a minha mãe…ao meu filhinho, o Dougue(que veio da minha vontade de ter mais alguém entre nós dois para também amar...uma família?..porque não?)…a todos…a tudo… a minha vida…

E SE FOR PARA FICARMOS JUNTOS ou não… QUE ASSIM SEJA…E DO JEITO QUE FOR, SERÁ SEMPRE UMA EVOLUÇÃO, PELO MENOS PRA MIM…PQ DESSA VEZ FOI " ele" "O AMOR" QUE ME ENCONTROU!



"Se não houver frutos, Valeu a beleza das flores... Se não houver flores, Valeu a sombra das folhas... Se não houver folhas, Valeu a intenção da semente..." 
"O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza de seus sonhos." 
(Eleonor Roosevelt)





Fim?

MAIS DE 140 MIL ENTRADAS…





Nossa…mais de 140mil entradas… acho que isso é uma vitória "né"….
As vezes fico pensando… será que todos que entram aqui lêem as minhas “maluquices”?…kakaka… acho que não… uma pequena parte talvez...mais provável!
Eu fico muito feliz, afinal o blog é um sucesso!
Nossa tive um fim de ano tão conturbado, stressante… mas ao final de tudo, o saldo sempre positivo me deixa feliz..!
Estou mais uma vez em Lisboa como de costume nos finais de ano, vim pra cá no início de Dezembro… antes, ainda no Porto, fiz meus novos ensaios fotográficos com um “fera” da fotografia, o meu namorado estava presente e participou de tudo(como ele mesmo fez questão) ele deu uma nova atmosfera ao trabalho… o apoio dele foi fundamental nesse meu novo trabalho, estamos há quase um ano juntos... ufaa..não é nada fácil, ter um relacionamento estável no nosso meio!!!
Para esses meus novos ensaios eu queria inovar, então aliei a presença do meu namorado como um modelo e a experiência de um novo fotógrafo, muito competente por sinal, com quem eu resolvi trabalhar pela primeira vez, complementou o glamour que eu queria para meus novos ensaios…Foi cansativo como sempre, mais de 10 horas de trabalho numa presidencial de um Motel, mas tudo correu bem Graças a Deus!
Deus está presente em tudo na minha vida, sou católica não praticante mas tenho muita fé nessa força positiva maior em vida e na das pessoas que a buscam.

MUNDO GLBTs

MUNDO GLBTs




O início do movimento no Brasil remonta ao final dos anos 70. Em duas décadas e
meia, o GGB-Grupo Gay da Bahia — o mais antigo do país e da América Latina — fez
história no estado e no país. Durante esse tempo, tem lutado pela parceria civil entre
homossexuais e direitos da comunidade lesbigay, a mais vulnerável em relação à
observância de seus direitos humanos. Na Bahia, existem outras entidades atuantes
na defesa da causa gay como PRO HOMO, Grupo Gay de Camaçari, Quimbanda
Dudu, Palavra de Mulher, Coletivo KIU, Grupo Gay da Periferia, ATRAS, entre outros.
Gays e lésbicas são mais de 10% da população mundial; no Brasil, são mais de 18
milhões. Nos últimos 20 anos, mais de 2 mil e 500 homossexuais foram executados,
vítimas da intolerância à homossexualidade , onde o ódio da
homossexualidade se manifesta através de requintes de crueldade como são
praticados tais homicídios: dezenas de tiros ou facadas, morte a pontapés, pedradas,
asfixiamento, pauladas, enforcamento, uso de múltiplas armas, tortura prévia,
declaração do assassino “matei porque odeio gay!”.Dentre as vítimas, 72% eram gays
e 25% travestis.
Os homossexuais pertencem a todos estratos sócio-econômicos, de empresários a
mendigos, incluindo muitos cabeleireiros, profissionais do sexo, professores, padres e
pais de santo, estudantes. Nem 10% dos assassinos são identificados, colaborando
com a impunidade a omissão e mutismo de vizinhos e testemunhas, antipáticos aos
gays.
Segundo pesquisa do GGB, a média geral é que a cada três dias um crime de ódio
contra homossexuais é praticado no país. Com mais de 100 assassinatos por ano, o
Brasil ocupa o primeiro lugar numa lista de 25 países onde os dados estão
disponíveis. O México, que ocupa o segundo lugar, tem em média 35 mortes anuais. A
pesquisa do GGB chama a atenção ainda para a precariedade da coleta dos dados,
que podem estar subestimados, pois dependem exclusivamente do levantamento de
notícias de jornais e da internet.
“Essa tragédia tem solução, conclui o responsável pelo estudo, o Prof. Luiz Mott:
educação sexual científica em todos os níveis escolares, ensinado desde o pré-
primário o respeito aos direitos humanos dos homossexuais; legislação que puna os
crimes sexuais com o mesmo rigor que o racismo; maior rigor da Polícia e da Justiça
na investigação e punição dos criminosos, e finalmente, maior consciência da
população GLBT - cada vez mais numerosa nas 70 paradas gays que se realizam
de norte a sul do país - mas que ainda não se conscientizou que “gay vivo não dorme
com o inimigo!”


domingo, 30 de março de 2014

TEMPORADA EM LISBOA




Finalmente consegui retornar a capital lusitana. Lisboa tem um ar de novidade e esperanças outra vez…foram mais de 9 meses sem vir a capital. A antiga vivenda na Praça de Londres, sede das minhas primeiras batalhas, dores e vitórias, lugar onde tb pude viver incríveis momentos de felicidade, NÃO tem o mesmo ar de novidade da capital… a sensação que sinto qdo entro aqui é que algo ficou pela metade, como algo que deixei para trás... então vindo buscar num futuro próximo... agora se fazendo bem presente. Na verdade tudo isso tem um ar de “voltar atrás”, de recomeço… 



Saí do Porto às 19:45, cheguei às 22:30 em Lisboa, tomei um táxi na magistral estação do Oriente em direção a vivenda da Praça de Londresz… a recepção de minhas amigas foi bastante calorosa… mas... não sei pq, continuei a me sentir sozinha como sempre.
Aqui na Europa resta sempre a sensação de estarmos sós… há sempre alguém ou algo que faz nos sentir assim…


Bem...


...iniciei meu trabalho e todo começo é bom… até chegar a rotina… Acabei de me aperceber que estou dando, ao final de cada frase, um tom de saudade, de nostaugia… Na verdade o está me fazendo falta é inspiração, alguma coisa que me traga mais ânimo… pq olha se existe uma pessoa que vive tentando manter o entusiasmo, sou eu… sempre entre altos e baixos….e qd nos baixos…lutando pra manter o sorriso!!!...rsrsrs….O que acontece é que adoro estar apaixonada, amando e me sentido amada…parece que é o que sobra depois do vazio que essa profissão me dá. O armário cheio, a dispensa farta e saúde, são coisas me dão tranquilidade… mas felicidade mesmo só o amor é que me dá!


As baladinhas de fim de semana com amigas, servem para relaxar da semana de trabalho, dos milhões de telefonemas e do sexo sempre muito presente na minha vida… estar na noite como alguém que tem uma vida comum, paquerar os rapazes, ser cortejada por eles, alimenta o ego… embora o encanto termine qd chega o momento de falar quem sou… pq o quê o meu gênero sexual representa destrói qq interesse bem intencionado…


Meu romance começou tão bem, mas foi afetado pelo preconceito de outros, pela discriminação, pelo egoísmo, pelo medo… nem eu nem ele estamos bem, separados um do outro…
Se tudo que sou virou poeira, se minha boa formação não serve pra nada, se tudo se anula diante dessa realidade impiedosa, somente pq decidi viver como mulher, sendo uma transexual… O que mais me resta, se não a mim mesma?
É um exercício diário manter a minha auto estima, estando longe de quem realmente me ama fico muito mais vulnerável e carente… muitas vezes confusa sobre a verdade! O que é falso e verdadeiro ao meu lado? Quem me diz a verdade? Quem não me diz? Quem mente para conseguir de mim a confiança que precisa para somente aproveitar-se?
Meus relacionamentos se desfazem por falta de amor ou pq eram mentira desde o início? Pq sempre surgem tantos maus entendidos sem elucidação? Pq sempre alguém quer se proteger de mim?…logo eu que só quero o bem para as pessoas e principalmente para pessoa que amo…A Outra Verdade é que meus medos e dúvidas tb se tornaram mais evidentes para ou outros, eu me perco dentro de tantos atropelos e acidentes de percurso, dentro de tantas histórias felizes, com finais infelizes…de uma hora pra outra a flor se torna erva daninha, mel se faz fel, a luz se torna escuridão, e o que estava aquecido arrefece…
Meu olhar o congelou, e ele se afastou… talvez pq nunca tivesse estado perto de mim da verdade! Embora tenha quase me feito acreditar que sim! Eu não tenho resposta, nem conclusão para nenhuma dessas perguntas, mas eu sei que quem foge é pq não tem certeza de que pode vencer, amar, realmente ser amado, concluir uma etapa, seguir sempre de cabeça erguida seja qual for a dificuldade ou infortúnio… O que eu vos digo agora com orgulho é que EU NUNCA FUGI DE NADA, NEM DE NINGUÉM!



BJuxxx... Até a próxima...!!!



Ps: Sua mensagem é importante, deixe seu comments, se não conseguir na primeira tentativa, feche e reabra a janela do comments e tente outra vez!!

Poderá também gostar de:

.
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Traduzido Por: Template Para Blogspot